Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas...

- 10/12/2012

Oi gente, tudo certo?

Hoje tem um post, assim digamos “explicativo”.

Eu vou falar sobre :

Aminoácidos, peptídeos e proteínas.

Ouvimos muito falar sobre eles, e muitas vezes não entendemos muito bem o que eles são e quais suas funções.

Então vamos começar pelos aminoácidos:

Aminoácidos:

Aminoácidos, são os "tijolinhos" formadores das proteínas, existem apenas 20 aminoácidos, que se combinam entre si para dar origem as diferentes proteínas.




        Lista dos aminoácidos existentes:
Alanina
Arginina
Asparagina
Aspartato
Cisteína
Glicina
Glutamato
Glutamina
Prolina
Serina
Tirosina
Fenilalanina
Histidina
Isoleucina
Leucina
Lisina
Metionina
Treonina
Triptofano
Valina

Os aminoácidos são formados por um átomo de Carbono central, e 4 substituintes. Um grupamento amina, um grupamento carboxila, um hidrogênio e um radical R, como vocês podem ver na figura abaixo. O que difere um aminoácido do outro é o seu grupamento R, cada aminoácido possui um grupamento R específico.




Os aminoácidos se combinam entre si para formar as diferentes proteínas existentes, eles se ligam entre si, formando longas cadeias.
Um aminoácido se liga a outro, essa ligação é chamada ligação peptídica que dá origem a um dipeptídeo, e libera uma molécula de água.

Peptídeos

São compostos resultantes de união entre dois ou mais aminoácidos. Esta união se dá entre o grupo carboxila de um aminoácido com o grupo amina do outro aminoácido, ocorrendo liberação de uma molécula de água.


Ou seja, nada mais são do que aminoácidos ligados, através de uma ligação peptídica, quando dois aminoácidos estão ligados um ao outro através uma ligação peptídica, eles formam um dipeptídeo, nas ligações peptídicas os aminoácidos que deram origem ao peptídeo passam a ser chamados de resíduos de aminoácidos.

Quando mais um aminoácido se liga a um dipeptídeo ele dá origem a  um tripeptídeo, e assim por diante até formar polipetídeos.

E por usa vez uma cadeia polipeptídica nada mais é do  que uma proteína.

Proteínas

Nos seres vivos as proteínas possuem diversas funções e são essenciais a vida. A queratina é a principal proteína formadora dos nossos fios
O cabelo é basicamente, formado por um proteína a alfa-queratina.Em cada fio de cabelo, milhares de cadeias de alfa-queratina estão entrelaçadas em uma forma espiral, sob a forma de placas que se sobrepõem, resultando em um longo e fino "cordão" protéico: o fio de cabelo.

Um dos aminoácidos presentes na queratina é a cisteína, responsável pelas ligações cisteínicas. A cisteína pode interagir com outra cisteína da mesma cadeia polipetídica, e formar uma ligação covalente,estas ligações são responsáveis pelas "ondas" que aparecem em nossos cabelos. A queratina é formada por 15 aminoácidos diferentes que interagem entrei si.
 Repor essa proteína é essencial para manter a saúde dos nossos fios. As químicas como relaxamentos, alisamentos, e os danos físicos causados pelo pentear, pela chapinha e pelo secador causam danos a estrutura dos fios, pequenas fissuras são formadas. A queratina preenche essas fissuras reconstruindo assim nossos fios.

É claro que esse efeito não é para sempre, afinal cabelo é tecido morto, sendo assim a queratina que se liga aos fios no tratamento, vai saindo conforme as lavagens,  por isso devemos tratar dos nossos fios periodicamente, eu farei um post sobre isso, a respeito da recuperação ou não da saúde dos fios com tratamentos cosméticos, aguardem.
 
Por hoje é só,  eu só queria mostrar a todos um pouco mais sobre as proteínas.

Aqui tem uma matéria da UFSC, bem legal sobre a estrutura química dos cabelos, inclusive usei essa matéria como fonte desse post, caso queiram saber mais sobre o assunto, vale a pena ler a matéria.

E vocês gostaram do post? Querem que eu fale mais sobre o assunto? É só deixar nos comentários!

Obrigada a todos vocês, beijos e até a próxima!



19 comentários:

CáaH Duarte on 12 de outubro de 2012 17:15 disse...

Que legal Cáh! Amei o post, muito bem explicado! Saber estas informações nos ajudam a entender o por que de cada tratamento que fazemos... Parabéns!

Beijão!

PRODUTINHOS NO CABELO AND MAKEUPS on 12 de outubro de 2012 19:55 disse...

Carol caprichou!! Adorei saber sobre isso mais um pouco! Normalmente falo de aminoácidos mas sem muitas ligações vendo a importância de cada um, assim o entendimento fica mais complexo com certos ativos nas mascaras!

Show de informação!
Beijos
Lu

Erika Nasch on 12 de outubro de 2012 21:57 disse...

Carolzinhaaa...Ameei!!! Que aula, hein! Super didática...Showzaço! Vou ler a matéria da UFSC...
valeu muito esse post...arrasando como sempre...parabéns!
Bjão
http://clubedocabeloecia.blogspot.com.br/

Erika Souza on 12 de outubro de 2012 22:01 disse...

Nossa um aulão hein?
bjs

Liia on 12 de outubro de 2012 22:17 disse...

Carol, valeu a explicação. Bom saber um pouco mais desses ativos.., explica como sempre, divinamente!

Bjokas

Miguel de Biaso on 12 de outubro de 2012 23:09 disse...

Carol, ótimo post, apesar de se aprofundar mais em química que a maioria dos blogs, vc consegue atingir uma grande massa, pois sua linguagem é bem fácil, com informações preciosíssimas!
=D
Parabéns!

Amanda on 13 de outubro de 2012 00:32 disse...

Oi flor, amei seu blog! Fiz um post também sobre s estrutura do cabelo e queria que vc, já que é bem entendida do assunto desse uma olhada. Irei adorar as suas críticas e sugestões.

http://belezadecreuzza.blogspot.com.br/2012/10/entendendo-o-cabelo-para-cuidar-melhor.html

Beijos!

Estrela on 13 de outubro de 2012 02:23 disse...

Carol,

Muito esclarecedor e simples( como sempre vc tem esse dom), to aguardando com ansiedade o próximo post, esse assunto de recuperação ou não do cabelo tá dando o que falar, tenho matutado bastante, li alguns posts que foram escritos, por um lado, sendo tecido morto, há que se entender que existe uma DELIMITAÇÃO, e que não ocorre milagre, por outro lado, acho que chega a ser algum xiita dizer " que não dá resultado", ou ainda " que é apenas maquiagem", enfim, to tentando chegar a alguma conclusão, dentro de meus parcos entendimentos cabelísticos!

Bjs

Paula Andy on 13 de outubro de 2012 10:22 disse...

Oi flôr, estou te seguindo. Se possível, me siga. Beijos ♥ :)

Ellen Ramos on 14 de outubro de 2012 09:33 disse...

Como sempre aprendendo com vc, estou com saudades.
Sempre que tenho duvidas venho aqui fazer um colinha para não falar besteira.

Bjos
http://inlovecabelos.blogspot.com.br/2012/10/kit-argan-oil-dvien.html

Carolina Barbosa on 14 de outubro de 2012 18:24 disse...

Cáah, fico feliz que tenha gostado, essas informações nos ajudam a entender melhor nossos tratamentos né! Obrigada pela visita :a Beijos


Lucy, Pois é eu sempre falava dos aminoácidos separadamente mas assim ficava mais dificil das pessoas entenderem a importância deles...Obrigada pela visita :a Beijos


Erika Nasch, Que bom que gostou, leia matéria da UFSC sim ela é muito boa. Obrigada pela visita :a Beijos


Erika Souza, pois é me senti dando uma aula mesmo, inclusive olhei as minhas aulas de Bioquímica e biologia para montar esse post, haha. Obrigada pela visita :a Beijos


Liia, Que bom que gostou, fico feliz! Obrigada pelo elogio e pela visita :a Beijos!!! :a


Miguel de Biaso, que bom que gostou, essa é mesmo a minha intenção levar informação a todos! Obrigada pela visita :a Beijos!!!


Amanda, Nossa me sinto honrada em vc pedir para eu ler seu post e avalia-lo, muito obrigada mesmo. Obrigada pela visita :a Beijos!


Estrela, que bom que vc gostou do post. Pois é esse assunto do cabelo ser tratado ou não tem causado polêmicas, vou fazer um post sobre isso sim, e vc está certa tentando pesquisar sobre o assunto para tirar suas próprias conclusões. Eu tbm não curto extremismos...Obrigada pela sua visita :a Beijos!!!


Paula, obrigada pela visita, vou te seguir sim! :a Beijos!!


Ellen, Que bom que vc aprende muito por aqui, fico feliz. Obrigada pela visita :a Beijos

Mulher sem Photoshop on 15 de outubro de 2012 16:54 disse...

Eu sempre gosto desse tipo de post, por mim vc pode escrever a vontade!!!
Vou anotando tudo...

BJo!

Lu

Fefa on 15 de outubro de 2012 17:05 disse...

Carol, post incrível!!! e eu que sempre fui ruim em química entendi tudo, como pode? só com suas explicações claras!!! =D

Como foi a Beauty?
Carol, deixa eu te perguntar, eu comprei um litrão do Matrix Color Care, xampu e condicionador e estou procurando alguém que queira aceitar dividir um pouquinho comigo (que tenha vontade de experimentar), sei que Di não gosta da consistência do xampu (é perolado) por isso te pergunto, vc quer testá-lo? (e pode ser sincera se for resenhar, pq não trabalho na matrix ahahaha). Eu notei que como meu cabelo tem tendência de acumular muito silicone e demais coisinhas, ele não dá conta de limpar totalmente (mesmo usando um xampu mais power antes, sei lá, falta algo). E o condicionador, acho que não tem selado bem as cutículas da minha peruca volumosa, pois fico meio poodle com ele. Como vc faz EP, poderia ter outra impressão. Bom, se quiser me diz, mando pra vc!


Bjooooo

Carolina Barbosa on 15 de outubro de 2012 21:18 disse...

Lu, que bom que vc gosta! Eu particularmente também gosto de escrever posts assim, hahha Obrigada pela visita :a Beijosss

Fefa, Fico muito feliz que vc tenha gostado e entendido! A beauty foi bem legal, mas a feira é muito fraquinha sabe em comparação a feira de SP. Quero dividir sim, vou te mandar email para conversarmos sobre valores ok? Muito obrigada fefa, vc é realmente uma fofa! Beijos!!! :g

Fefa on 15 de outubro de 2012 22:58 disse...

Carol, sim conversamos por email!!! bjs

Fernanda Castro Schimidt on 20 de outubro de 2012 10:45 disse...

ADOREI o post!! Uma aula!!

Escreva muito... adoro assistir suas aulas!! rsrs

http://frescurasessenciais.blogspot.com.br/

Bjs

Nando =) on 13 de fevereiro de 2013 12:41 disse...

Oi Carol, tudo bem?
Excelente post. Ficou muito informativo e didático.

Beijos,
Fernando.

www.cabelomaniacos.com.br

Joana Roxx on 9 de julho de 2013 12:08 disse...

Carolina,

Sei que pode ser repetidíssimo o que eu vou perguntar, mas virou febre na internet o tal Glicopan Pet e olhando a fórmula ele tem praticamente todos esses aminoácidos e várias vitaminas também... Esses ativos inclusive são encontrados em muitos produtos capilares... O fato de esse produto ser para ingestão torna ele inapropiado para uso tópico ou o tamanho da molécula na fórmula usada em cabelo é diminuída pra ajudar na penetração?
Faz sentido usar esse Glicopan no cabelo ou não?

on 20 de novembro de 2013 23:50 disse...

Olá, gostaria de saber qual a matéria que vc se inspirou. Não consigo acessar o link. É possível enviar novamente? Obrigada. Beijos Rebeca

Postar um comentário

 

Química dos Cabelos Adaptação Cakes Hill